JSP NOTÍCIAS

JSP NOTÍCIAS
Compromisso apenas com o leitor

terça-feira, 30 de setembro de 2014

MUDANÇA NO SINDICATO. MAS SÓ NO NOME

Assembléia ocorre no mercado.
Foto Gilvan Lima
O Sindicato do Trabalhadores Rurais de São Pedro, realiza hoje à tarde assembléia para a apresentação e aprovação de seu novo estatuto, se adequando ao modelo adotado pela Fetraf (Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar), entidade a qual o sindicato local passa a ser filiado. Antes era a Fetarn (Federação dos Trabalhadores da Agricultura do RN).
A denominação da entidade também muda, passando agora a se chamar Sintraf (Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar). As mudanças, pelo menos por enquanto, param por ai. A diretoria deverá continuar a mesma.

JOÃO, LAVÔ E JAJÁ E A DISPUTA DE HENRIQUE CONTRA ELE MESMO

João, Lavô e Jajá
Os mais jovens certamente não lembram, mas já devem ter ouvido falar. Os mais velhos vão se lembrar. Na campanha de 1986 o candidato ao governo do Rio Grande do Norte era João Faustino – já falecido – tendo como candidatos ao Senado José Agripino Maia e Lavoisier Maia, então marido de Wilma de Faria, hoje vice-prefeita de Natal e candidata ao Senado com o apoio do presidente da Câmara, Henrique Alves, candidato a governador nas eleições de 2014.
Lavosier Maia, João Faustino e José Agripino em 1986
Pois muito bem, caro leitor. Nestas eleições parece que 1986 está se repetindo. Nas eleições daquele ano, João Faustino disputava o governo do estado com Geraldo Melo. Sabedores de que Faustino não crescia nas pesquisas, ao contrário, só caia, Agripino e Lavô, como é conhecido Lavoisier Maia, trataram de intensificar suas campanhas no interior isolando João Faustino em Natal. Moral da história: Geraldo Melo com apoio dos Alves se elegeu governador.
Agora, é Henrique que começa a isolar a sua candidata ao Senado. Wilma vem caindo nas pesquisas de intenção de voto. Já há várias semanas ela deixou de figurar em todas as pesquisas como líder dando o seu lugar a sua mais forte concorrente, Fátima Bezerra. Isso tem levado Henrique Alves a subir em palanques de apoiadores que ao mesmo tempo lhe apoiam também apoiam Fátima Bezerra, candidata ao Senado de seu principal oponente na corrida sucessória, Robinson Faria.
Não sem razão. Henrique Alves sabe que como Wilma vem despencando nas pesquisar corre o risco de levá-lo junto. ou seja, seria o abraço dos afogados que tanto se tem falado. Para salvar a sua pele melhor deixar que seus apoiadores peçam voto pra Fátima Bezerra. Nesta reta final de campanha faltando apenas seis dias para o pleito é hora de salvar a pele.
Contudo, Henrique corre um sério risco. Se a campanha for a segundo turno e Wilma não se eleger senadora, como espera, o peemedebista corre o risco da guerreira lavar as mãos sobre a sua candidatura. Fato é que neste caso o voto casado está descasado. Os fatos comprovam o que estou dizendo, por mais que o marketing de Wilma de Faria queira transparecer que os Alves estão com ela, colocando até o ministro Garibaldi, de forma constrangedora, para pedir votos pra ela.
Aliás, sobre isso, tenho observado que Garibaldi passou a se dedicar mais a campanha de Walter Alves, seu filho, a deputado federal. Certamente que os bacuraus – como são chamados os eleitores dos Alves – devem está adorando isso.
A conferir!
Henrique é sui gêneris, é adversário dele mesmo

A candidatura do presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB) ao governo do Rio Grande do Norte, pode-se dizer, é mesmo sui gêneris. Senão vejamos: De acordo com pesquisa Ibope divulgada ontem pela InterTV Cabugi, emissora, inclusive, que Alves detém ações, Henrique lidera as pesquisas de intenção de voto com 38%. No entanto, o seu índice de rejeição chega a 37%, ou seja, Henrique Alves está empatado tecnicamente com ele mesmo na avaliação de eleitores que votam nele e daqueles que jamais votariam nele.
O detalhe é que a apresentadora do RNTV 2ª Edição, jornalista Margot Ferreira, ao iniciar a apresentação dos índices de rejeição da pesquisa Ibope, deixou transparecer no vídeo para todos os telespectadores que não era pra ser divulgado. Margot, infelizmente para Henrique, chegou a se referir ao índice de rejeição do peemedebista e foi levada a parar de informar o índice de rejeição dos demais candidatos. Margot, desorientada, repetiu a projeção de segundo turno que já havia divulgado.
Fato incontestável é que Henrique Alves é adversário dele mesmo nestas eleições. Em todas as pesquisas o candidato do PMDB tem um índice de rejeição muito alto, embora figure sempre em primeiro lugar nas avaliações. Isso, de certa forma, deve preocupar o candidato, ainda mais agora quando uma pesquisa divulgada a menos de uma semana para o pleito, e na sua própria emissora de televisão, diz que ele tem um índice de rejeição que o coloca em empate técnico com a sua performance eleitoral.
Parafraseando o ex-presidente Lula, de quem Henrique Alves foi se queixar ao vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), por ter ele participado do programa eleitoral do seu principal opositor ao governo do estado, Robinson Faria (PSD), segundo o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna Radar on-line, nunca na história política do Rio Grande do Norte, e quiçá do Brasil, um candidato a cargo majoritário disputou contra ele mesmo. Henrique Alves está conseguindo esta façanha.
Aliás, a se confirmar o segundo turno nas eleições no Rio Grande do Norte, pelo o que projeta o Ibope, Henrique Alves vai conseguir outra façanha, ou seja, vai proporcionar que o seu principal adversário na corrida sucessória suba 9 pontos percentuais e ele apenas 2 pontos percentuais. Senão vejamos: a pesquisa Ibope no primeiro turno dá uma diferença de 7% pró Henrique. No segundo empate cravado em 40%. Ou seja, pelas projeções do Ibope, havendo segundo turno, Robinson vai subir 9% e Henrique apenas 2%, já que Henrique tem 38% e Robinson tem 31%.
Moral da história: pelo Ibope Henrique poderá perder a campanha pra ele mesmo.
Henrique Alves é realmente sui gêneris!
Acesse o blogdobarbosa http://blogdobarbosa.jor.br/

EDITAIS DIVULGADOS, É HORA DE SE PREPARAR

Esta semana, várias prefeituras divulgaram seus editais de concurso público e a oportunidade é agora de obter uma vaga no serviço público. A concorrência será grande devido ao mérito maior desses cargos que é a estabilidade. 
Portanto é essencial estar preparado para enfrentar o desafio. A boa notícia é que a concorrência será dispersa entre vários municípios da região Potengi que farão as provas no mesmo dia. 
Tal fato não quer dizer que as vagas estejam mais fáceis de serem conquistadas pelos residentes em São Pedro, um dos municípios que realizarão o certame, mas acende uma luz na esperança dos candidatos que precisam estar preparados. O primeiro passo é ler atentamente o edital para ver as regras, definir o cargo que se adéqua mais ao seu perfil e estudar firme para passar. É bom que se ressalte que deixar para estudar em cima da prova não é o ideal. Como já disse Willian Douglas, especialista em aprovação em concursos, "concurso não se faz para passar, mas até passar", ou seja, o estudo tem que ser contínuo.
Confira nos links abaixo, os editais dos concursos já publicados:

domingo, 28 de setembro de 2014

PESQUISA SETA/NOMINUTO: HENRIQUE E ROBINSON EMPATADOS. FÁTIMA MANTÉM A DISTÂNCIA

A uma semana das eleições, o quadro eleitoral para o governo do Rio Grande do Norte está indefinido, segundo pesquisa do Instituto Seta para o portal Nominuto. O candidato Henrique Alves (PMDB) vem perdendo a vantagem que tinha sobre Robinson Faria (PSD) e hoje estão praticamente empatados: 33% para Henrique e 32,3% para Robinson. Confira:
gov_espon_7702
Segundo turno
Na simulação de segundo turno com os dois mais votados, Henrique e Robinson também estão empatados. O candidato do PMDB tem 35,4%, contra 35,2% dados a Robinson.
gov_segundo_770
Por Região
Confira o quadro da pesquisa estimulada por região.
gov_estim_regiao_770
Fátima mantém vantagem de 10 pontos sobre Wilma
A candidata petista disparou uma vantagem de 10 no levantamento anterior, e mantém a vantagem agora, ganhando da ex-governadora em todas as regiões do estado.
sen_quadro_estim_770
Para maiores informações acesse o portal Nominuto.com.

sábado, 27 de setembro de 2014

QUADRO DE HORROR PARA WILMA E HENRIQUE

De Nominuto.com
A informação cai como que uma bomba. Apontado como líder da quadrilha que teria pago propina a políticos e também fraudado licitações no Detran do Rio Grande do Norte, o empresário George Olímpio negociou delação premiada com o Ministério Público Estadual. O lobista foi preso em 2011 na Operação Sinal Fechado, que revelou suposto envolvimento da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), candidata ao Senado, e do filho Lauro Maia, diz hoje o jornalista Cláudio Humberto em sua coluna Diário do Poder.
Para quem já está mal nas pesquisas de intenção de voto, a vice-prefeita de Natal não deve ter gostado nadinha do que foi publicado na coluna que é reproduzida pelo jornal do clã Alves, até porque o seu candidato ao governo do Rio Grande do Norte é exatamente o presidente da Câmara, Henrique Alves, a quem, dizem, vem cobrando um maior empenho para a sua eleição ao Senado.
Contudo, o quadro de horror não é causado somente a Wilma. Citado na delação premiada pelo ex-diretor da Petrobras à Polícia Federal dias atrás como suposto participante do petrolão, escândalo da estatal que envolve parlamentares e um ministro de Estado, Henrique Alves deve também está com as barbas de molho, pois que o procurador-geral da República Rodrigo Janot já prepara o relatório que enviará ao ministro Teori Zavascki, do STF, recomendando a homologação do acordo de delação premiada com o ex-diretor da Petrobras. Acomodados em 68 folhas, os depoimentos do delator chegaram às mãos do procurador-geral na última segunda-feira. Quem conhece o teor diz ser devastador. Expõe as entranhas do esquema de corrupção montado na maior estatal brasileira, diz hoje o também jornalista Josias de Souza em seu blog.
É claro que o resultado destes escândalos só deverá vir a público após as eleições e com uma certa demanda de tempo, mas é verdade também que estamos às vésperas do pleito em que tanto Henrique Alves como Wilma de Faria concorrem a cargos majoritários e o eleitor, certamente, deve está atento a tudo isso que vem ocorrendo no mundo político nacional e local.
Se isso terá repercussão nas urnas só após as 17 horas do próximo domingo, 5 de outubro, é que saberemos.
A conferir!
Acesse o blogdobarbosa http://blogdobarbosa.jor.br/novo

UMA GRANDE MULTIDÃO RECEPCIONA ROBINSON E FÁTIMA EM SÃO PAULO DO POTENGI

São Paulo do Potengi foi pintada de vermelho no dia de hoje com a presença dos candidatos da coligação "Liderados Pelo Povo", tendo à frente Robinson Faria e Fátima Bezerra, candidatos ao governo e senado, respectivamente. 
Durante todo dia, houve várias manifestações populares pelas ruas para preparar o clima para a grande concentração que teria início às 17 horas com a recepção ao candidatos na entrada da cidade. Em seguida, seguiram todos em carreata até o centro da cidade, onde uma multidão ouviu as propostas de Robinson e Fátima, além das palavras de apoio do prefeito Naldinho e outras lideranças.
Veja fotos das redes sociais:


COMUNIDADE DE LAGOA DO CANTO CELEBRA SÃO FRANCISCO

Capela de São Francisco: Lagoa do Canto
A comunidade católica de Lagoa do Canto e Lagoa Grande iniciaram ontem as comemorações em homenagem ao padroeiro daquelas localidades, São Francisco, com procissão e celebração da Palavra de Deus. 
Gilberto e Fortaleza na celebração de ontem
Capela cheia todas as noites
Até o dia 04 de outubro, quando haverá a Santa Missa encerrando a programação, todas as noites serão feitas reuniões com as famílias das duas comunidades com terço e celebração da palavra. 
Outras atividades também fazem parte do evento. Hoje à noite terá quermesse e pescaria. Na quarta-feira terá terço e louvor com o grupo Mensageiros da Paz. Na sexta-feira (03) terço com as comunidades de Lagoa Grande, Lagoa do Sobrado, Lagoa do Machado, Telha e Espinheiros; e finalmente no Sábado, além da Missa, Primeira Eucaristia, apresentação da princesa de São Francisco e pipocaço.  

domingo, 21 de setembro de 2014

PESQUISA SETA/NOMINUTO: EMPATE PARA O GOVERNO E VANTAGEM PARA FÁTIMA NO SENADO

Do Blog do Diógenes Dantas

Governo:
Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD) estão tecnicamente empatados no 1º turno da eleição para o governo, aponta a Seta/Nominuto divulgada neste domingo (21). O candidato do PMDB tem hoje 34% das intenções de voto contra 31,2% de Robinson. A diferença entre os dois caiu para menos de 3%, margem de erro da pesquisa.
Na semana passada, Henrique tinha 35% e Robinson estava com 28,2%.
Robério Paulino (PSOL) tem hoje 2,3%. Simone Dutra (PSTU) e Araken Farias (PSL) não pontuaram.
Brancos e nulos somaram 21,3%, não sabe ou não respondeu totalizou 10,1%.
Rejeição
Henrique Alves tem a maior rejeição: 27,1%. Em seguida vem Robinson com 16,4%.
Robério é rejeitado por 8,2% dos entrevistados da Seta/Nominuto, seguido por Simone com 5% e Araken com 4,9%.
gov_rejei_7701
Veja a seguir o gráfico da série de pesquisas (pergunta estimulada) para o governo da Seta/Nominuto desde o final de agosto:
gov_histo_770
Senado:
Fátima Bezerra (PT) abriu vantagem de mais de 10 pontos percentuais em relação a Wilma de Faria (PSB), principal adversária da petista, aponta Seta/Nominuto divulgada neste domingo (21). Na estimulada, Fátima tem hoje 38,2%, contra 27,3% de Wilma.
Na semana passada, o confronto entre as duas marcava 33,9% para Fátima e 29,8% para Wilma.
sen_esti_770
Rejeição
No quesito rejeição, Wilma lidera com 27,2% das citações. Fátima é rejeitada por 14,4% dos entrevistados.
Ronconi tem rejeição de 10,7%, Lailson Almeida tem 4,3%, e Ana Célia tem 3,2%.
sen_rejei_770
Presidente da República:
Dilma Rousseff (PT) abre mais de 30 pontos de vantagem sobre Marina Silva (PSB) no Rio Grande do Norte, aponta a Seta/Nominuto neste domingo (21). Na pergunta estimulada, a petista tem 52,9% das intenções de voto, contra 22,3% dados a Marina.
pres_esti_770

sábado, 13 de setembro de 2014

EM MOSSORÓ, ROSALBA AINDA É FORTE

adesivo_rosa_370
Um dos temas mais comuns nas falas dos candidatos este ano, é falar mal da governadora Rosalba Ciarlini. Mas quando estiver em Mossoró, é melhor o tomar cuidado antes de abrir a boca. Pelo número de carros com o adesivo acima circulando, a Rosa ainda é muito forte por lá.


JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO FAZ REPORTAGEM SOBRE UNIÃO ENTRE BACURAUS E ARARAS

O jornal Folha de São Paulo, um dos maiores do país, deu destaque ao pitoresco cenário político potiguar, onde durante anos, duas famílias brigavam pelo poder, e hoje, unidas, lutam para que tudo fique do jeito que está.
A união se deu devido ao avanço da conscientização da população, que vem apurando seu senso crítico e não embarcando mais nessa conversa de que deve assumir um lado na fauna política (bacurau e arara) e permanecer nele até o fim como faziam os mais antigos. 
Este modelo ainda persiste em alguns rincões do interior, mas deve acompanhar a lógica e desaparecer com o tempo, prevalecendo as propostas, o perfil dos candidatos e a ficha limpa. 


IMG_1622.PNG
No Rio Grande do Norte, eleição tem clima de clássico de futebol. Os eleitores se dividem entre duas grandes torcidas, bacurau e arara, aves que representam famílias tradicionais do Estado.
O bacurau, de hábitos noturnos, simboliza os Alves. Já a arara é família Maia. Os clãs se revezam na política potiguar desde a década de 1960.
“Sou bacurau da gema, desde que nasci. Minha família toda é bacurau”, disse a dona de casa Maria das Graças da Silva, 54, de Várzea, no agreste do Estado.
Os adversários políticos têm músicas e cores específicas: bacuraus são verdes, e as araras, vermelhas.
Bacurau também é como era conhecido o último trem que saía de Natal, de madrugada. O apelido teria sido dado ao clã Alves a partir do ex-governador Aluízio Alves (1921-2006), que distribuía Diários Oficiais com nomeações de familiares e apadrinhados no fim da noite, sem ser visto pela maioria da população, tal qual o trem.
Nome do novo aeroporto do Estado, Aluízio é pai do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que agora disputa o governo do RN.
Henrique é o representante político do clã mais proeminente hoje em dia, ao lado do ministro Garibaldi Alves Filho (Previdência), seu primo. Pelo lado das araras, o destaque é o senador José Agripino Maia (DEM-RN).
Nestas eleições, acontece um fato atípico: bacuraus e araras estão no mesmo palanque. A candidata ao Senado na chapa de Alves é a ex-governadora Wilma de Faria (PSB-RN), que já foi casada com o ex-deputado Lavoisier Maia, uma típica arara.
Nos atos de campanha pelo interior do Estado acompanhados pela Folha no final desta semana, ambos procuraram trocar elogios e ressaltar em seus discursos que haviam acabado com o “radicalismo” da política estadual.
“Quem for bacurau como eu é voto para Wilma senadora”, disse Henrique Alves. “O Rio Grande do Norte não comporta mais radicalismo nem intolerância”, afirmou, no município de Várzea.
“Aqui, a gente juntou o verde e o vermelho”, disse a ex-governadora. “Nós estamos votando em bacurau, então bacurau precisa votar na gente também”, disse, no ato.
O principal adversário de Henrique Alves é o atual vice-governador Robinson Faria (PSD-RN), que se apresenta como alternativa à polarização entre as famílias.
Segundo pesquisa Ibope realizada entre 25 e 27 de agosto, Alves tem 40% das intenções de voto no Estado, contra 28% de Faria.
IMG_1624.PNG