JSP NOTÍCIAS

JSP NOTÍCIAS
Compromisso apenas com o leitor

sábado, 22 de novembro de 2014

NO YOUTUBE, ENTREVISTAS COM POLÍTICOS DE SÃO PEDRO

Os vídeos foram gravados a mais de um ano, mas como foram veinulados em em um portal sem grande audiência na cidade, passou batido pela maioria da população. Por acaso, a equipe de JSP achou este material e compartilha com os leitores do blog. É até uma oportunidade de comparar as falas com os fatos e ver se o que foi dito foi realizado um ano depois. 
Primeiro temos uma entrevista com a prefeita Robenice, a secretária de Finanaças Neísa e o secretário adjunto da saúde, Jânio Garcia. No segundo vídeo, o presidente da Câmara, José Adailson, fala dos seus planos para o mandato à frente da casa, que finalizará no final deste ano.


terça-feira, 18 de novembro de 2014

ENCONTRADO O CORPO DO ASSALTANTE DA FARMÁCIA

corpo já se encontrava em decomposição
Foi encontrado hoje nas primeiras horas da manhã, o corpo de um homem próximo a margem do rio Potengi, em São Pedro. Segundo testemunhas, trata-se do bandido que juntamente com uma mulher, assaltaram uma farmácia e um posto de combustíveis no último sábado. 
A mulher foi detida logo após troca de tiros com a polícia quando assaltavam o posto. O homem tinha fugido pelo mato em direção ao rio. No tiroteio com a polícia, ele foi atingido e acabou morrendo.
Próximo ao corpo, tinha ainda a arma utilizada no assalto, 3 celulares e dentro das calças, um volume que supõe-se que seja o dinheiro roubado no posto. 
A área foi isolada a espera do ITEP. Muitos curiosos se dirigiram ao local.
Atualizando: O nome do homem é Leonardo dos Santos Marinho e tinha 24 anos.

domingo, 16 de novembro de 2014

PM AGE RÁPIDO, PRENDE BANDIDA E RECUPERA OBJETOS ROUBADOS EM SÃO PEDRO

Mulher detida com dinheiro, produtos e celulares roubados
Foto: Facebook
Ontem por volta das 18h30, um casal assaltou a farmácia Santa Luzia, no centro de São Pedro. Na fuga, em uma moto que a polícia suspeita que tenha sido roubada no bairro Planalto na semana passada, acharam de tentar assaltar um posto de combustíveis, na saída da cidade. Foi ai que foram alcançados pela guarnição da PM. Ouve troca de tiros. O homem fugiu pelo mato, enquanto a mulher foi detida. 
Segundo o Sargento Borges, comandante do destacamento da cidade, existe ainda a suspeita de um terceiro integrante da quadrilha, que seria de São Pedro. As investigações ficarão a cabo da Polícia Civil. 

sábado, 8 de novembro de 2014

JOÃO DE DEUS E ZÉ DA CAÇAMBA, JUNTOS?

João de Deus e Zé da Caçamba
Será o início de uma aliança?
É o assunto do momento entre quem gosta de dar seus pitacos políticos em São Pedro. Ao que parece, o ex-prefeito João de Deus do PSB e o vereador Zé da Caçamba (PMDB) estariam se acertando para juntos, tentarem conquistar a prefeitura em 2016. 
O embate seria contra a atual prefeita Robenice (PR) ou outro candidato apoiado pelo grupo de Chagas Ribeiro. Faz tempo que Chagas e João demonstram certo distanciamento político. Seria jogo de cena? Afinal, João de Deus detêm vários cargos ocupados por familiares na atual gestão.
Por sua vez, Zé da Caçamba renunciou ao posto de líder do PMDB na Câmara, e já estaria na expectativa de migrar para um novo partido, que esta para ser fundado a nível nacional e que aqui no RN deverá ser encampado pelo vice-governador eleito, Fábio Dantas, a quem Zé é seguidor. 
O fator de união entre João e Zé foi o apoio à candidatura vitoriosa de Robinson Faria (PSD) ao governo. Zé desde o início da campanha, e João chegando no segundo turno.
A atitude do vereador foi muito criticada pelos seus correligionários, que até agora não o perdoaram por ir contra a candidatura do líder estadual da legenda, Henrique Alves. Zé da Caçamba tinha duas justificativas para sua decisão. Primeiro seguia a orientação de Fábio Dantas de quem é eleitor e que o dava suporte para suas ações em São Pedro enquanto deputado estadual. Zé apoiou a esposa de Fábio, Cristiane Dantas. 
Segundo é a sua postura política a mais de 20 anos. "Onde Chagas Ribeiro estiver, Zé da Caçamba não está", costuma dizer ele. Lembrando que no primeiro turno, Chagas apoiou Henrique. 
Esta ai a grande dica de que João possa estar se preparando para o embate contra Chagas daqui a dois anos. Se ele está se acertando com Zé, é porque Chagas não estará no palanque deles.
Se confirmado esta configuração, o grande prejudicado é o PMDB e sua pré-candidata, Liegy, que conseguiu endurecer a disputa no pleito passado, mas sem Zé, perde-se muito, já que ele é o grande recordista de votos há várias eleições. 
Enquanto isso, outros grupos políticos vivem a expectativa das decisões que João, Zé e Chagas poderão tomar até 2016. O PT de Fortaleza (que chegou a ter sua pré-candidatura lançada em 2012 e acabou sendo o fiel da balança a favor da vitória de Robenice) e o Solidariedade, do vice-prefeito Serrinha, estão atentos aos movimentos.
Muita água vai rolar até lá, e não será no leito seco do Potengi.

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

FÁTIMA BEZERRA NA COMEMORAÇÃO DO 1° ANIVERSÁRIO DO IFRN

A deputada federal e agora senadora eleita Fátima Bezerra (PT) participou hoje das comemorações pela passagem do 1° ano de atividades da unidade do IFRN de São Paulo do Potengi.
Na ocasião, Fátima foi agraciada com uma homenagem em reconhecimento a sua luta e empenho para que o sonho dos jovens da região Potengi de ter uma escola de alto nível virasse realidade.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE AS ELEIÇÕES

Por José Fortaleza

Passadas as eleições, as comemorações dos vencedores e a lamentação dos perdedores, é hora de refletir sobre os resultados das urnas. Não os resultados numéricos, e sim as consequências dos resultados.
A primeira impressão que temos é que o Brasil saiu das urnas dividido entre nordestinos e sulistas, pobres e ricos, brancos e negros, gays e cristãos. Isso é péssimo! 
Temos muitos desafios a superar, e divididos tornará ainda mais difícil a missão. A presidente re-eleita falou em diálogo para encarar estes desafios. Esperamos que ela esteja realmente disposta a ouvir a sociedade e que as forças políticas oposicionistas também se habilitem ao diálogo e não ao confronto. O recado das urnas foi claro: Queremos a continuidade das mudanças feitas nos últimos anos. Porém queremos ajustes. Especialmente na segurança, no combate à corrupção e a inflação, disse o eleitor.

E em São Pedro?
Cidade pequena é assim. Vive dividida na política. Em São Pedro ainda mais, depois do último pleito eleitoral em que a oposição pôs fogo no paiol e promoveu a cisão de famílias e amizades. 
O resultado do segundo turno não pode ser creditado a esta ou aquela liderança política. Seria injusto com quem estava com a bandeira do candidato desde o início e com o eleitor, que em grande parte votou livre, sem acompanhar a orientação desse ou daquele que se julga cacique da tribo.
Veja o caso do PMDB. Historicamente, todos sabem que o partido detêm um capital eleitoral em torno de 30% do eleitorado. Seja quem for o candidato à prefeito, ele parte com este piso. Obteve 40%. Creditar toda a votação a uma liderança, é faltar com respeito a quem é fiel a cor da camisa.
Do outro lado, ficou claro a influência de quem detêm o poder local. No primeiro turno, todo o contingente de eleitores vinculados à cargos comissionados da prefeitura foi "orientado" a votar em Henrique, mesmo contrariando a vontade pessoal da maioria. Quando no segundo mudou a orientação, deu justamente a vitória de Robinson. 
Mas a grande maioria dos votos para ambos os candidatos, foi livre, sem interferência de ninguém. É para este eleitor que devemos o nosso respeito.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

DEPUTADO FERNANDO MINEIRO LAMENTA FIM MELANCÔLICO DA CARREIRA DE HENRIQUE

O nível a que caiu a campanha do candidato Henrique Alves (PMDB) é reflexo do desespero com a iminente derrota, analisa do deputado estadual reeleito Fernando Mineiro (PT). Segundo ele, a estratégia de marketing que tentou mostrar um Henrique "amadurecido" que iria fazer uma campanha de alto nível e propositiva, ruiu, e agora mostra a verdadeira marca de Henrique. "É uma pena que a aposentadoria de Henrique, depois de 44 anos de vida pública, se dê dessa maneira". Para o deputado petista, tal fato é mais uma mancha na história política do candidato. 
O petista lembra que os dois candidatos trabalham com pesquisas internas, que não são divulgadas. O candidato pmdbista sabe que a situação está ruim. "O índice do instituto do desespero é o da baixaria. Quanto mais perde votos, mais baixo é o nível da campanha".
Outro erro de marketing da campanha de Henrique, segundo Mineiro, é tentar associar Robinson ao governo Rosalba. "Henrique é mais ligado à Rosalba do que Robinson. Robinson rompeu com 8 meses de governo e foi para oposição. Henrique ficou 3 anos com Rosalba. O impeachment de Rosalba não saiu graças ao PMDB, que não deixou".
Mineiro encerrou chamando a atenção para o fato do RN ainda ser muito atrasado na política. "O RN é o único estado que ainda é comandado pelos mesmos grupos políticos que estavam no poder na redemocratização do Brasil".

HENRIQUE BAIXA O NÍVEL. JUSTIÇA PUNE

Juiz ainda chama atenção para o fato de "quem não consegue administrar o próprio nível de suas campanhas, talvez não tenha condições de administrar o Estado"

Tentaram mostrar um Henrique "amadurecido".
A máscara caiu e agora é só baixaria
As informações inverídicas, difamatórias e injuriosas divulgadas pelo candidato do acordão, Henrique Alves foram criticadas pela Justiça Eleitoral em decisão que concede direito de resposta na propaganda eleitoral em mais de 3 minutos a favor de Robinson. Na decisão, o juiz Cícero Martins de Macedo Filho critica a postura do candidato Henrique Alves. “Não descarto, também, que haja responsabilidade dos candidatos na divulgação de certas propagandas, pois é difícil acreditar que não possam, também, administrar o próprio marketing de suas campanhas. Não custa lembrar que pode passar também na cabeça dos eleitores a ideia de que quem não consegue administrar o próprio nível de suas campanhas talvez não tenha condições de administrar o Estado”.


Cícero também classifica a inserção de Henrique como “a inverdade contida na propaganda, que busca passar, com informações distorcidas, uma imagem negativa e maculadora da honra e imagem do candidato Robinson Faria”.



A decisão da Justiça Eleitoral determina o direito de resposta baseado no artigo 58 da Lei nº 9.504/97 e punição com multa de R$ 50 mil caso a coligação União Pela Mudança insista em divulgar novamente a propaganda mentirosa.



A justiça eleitoral esclarece os fatos sobre os apartamentos adquiridos através de transação comercial que obedece a regras do mercado imobiliário. “Portanto, o Sr. Robinson Faria recebeu os apartamentos no referido Condomínio Residencial Jangadas, em Parnamirim, através de um negócio jurídico legítimo, legal e público, sem ter obtido tais unidades por meio de influência no Programa Minha Casa Minha Vida, como procurar fazer crer a propaganda impugnada”, destaca o juiz em sua sentença.



Na decisão, o juiz afirma a verdade dos fatos sobre a responsabilidade no pagamento das taxas de condomínio. “Quanto ao valor das taxas de condomínio em atraso, o representante fez juntar o termo de acordo extrajudicial celebrado entre o Condomínio Residencial Jangadas e Caravelas, o Sr. Robinson Faria, e como interveniente a MRV Engenharia e Participações S/A, no qual está ultima de declara como responsável pelo pagamento dos débitos condominiais em aberto, reconhecendo a dívida, que na verdade, segundo referido documento, é de R$ 141.638,65, em valores de 20 de agosto de 2014, data em que o acordo extrajudicial foi celebrado. Os documentos acostados desmentem claramente o que foi afirmado na propaganda veiculada”.



Depois, o juiz Cícero Martins conclui a decisão afirmando “O Tribunal Superior Eleitoral, em decisões da semana passada e desta semana, decidiu abolir a baixaria, as mentiras, as inverdades, nas propagandas eleitorais no rádio e na televisão, prestigiando o debate de idéias e propostas, que é o mínimo que os eleitores esperam dos seus candidatos, varrendo para o esgoto o lixo derramado através da propaganda e que só serve para desabonar e desconstruir a democracia, a cidadania e a honra das pessoas.Realmente, esta parece ser a melhor hora para abolir para sempre tais práticas. Pois o povo brasileiro e, particularmente, o honrado povo potiguar, não merecem tal desrespeito”.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

ZÉ DA CAÇAMBA CONFIRMA: É ROBINSON GOVERNADOR

Zé da Caçamba reafirma que vota 55
O vereador José Soares de Araújo, mais conhecido como Zé da Caçamba, conversou com o blog e dirimiu qualquer dúvida que houvesse em torno do seu apoio neste segundo turno para a eleição do próximo governador do estado. "Eu voto em Robinson. Estou com ele desde o primeiro turno e seria uma falta de vergonha minha se eu mudasse agora. Fiquei com Robinson por causa do vice, Fábio Dantas, que desde quando ele é deputado, me da todo apoio no meu trabalho com o povo".
A dúvida surgiu desde quando o grupo da prefeita Robenice Ribeiro anunciou seu apoio à candidatura de Robinson. Como Zé sempre declara que onde Chagas Ribeiro está, ele não fica, criou-se todo este suspense em torno da sua posição.
"Conversei com Fábio e ele me disse que o compromisso é entre eu e ele. Quem veio depois que mostre resultado. A nossa parte (se referindo a ele e o PT), já fizemos".
Robinson Faria agora conta com o apoio das forças políticas mais expressivas de São Pedro. Além de Zé da Caçamba, do PT e do grupo do suplente de vereador Florêncio, aderiram ao candidato do PSD neste segundo turno, o ex-prefeito João de Deus (PSB) e a prefeita Robenice (PR) com seu marido, Chagas Ribeiro. Com isso, dos 9 vereadores, 7 estão com Robinson. Apenas uma parte do PMDB continua apoiando a candidatura de Henrique.

PESQUISA DO IBOPE REGISTRADA

O Ibope registrou mais uma pesquisa eleitoral para ser divulgada sobre o pleito do Rio Grande do Norte. Com o número 046/2014, os números do Ibope serão publicados na sexta-feira, a 48 horas do pleito. A pesquisa foi encomendada pela InterTV Cabugi, afiliada da Rede Globo, e custou 50.327,76 .Serão feitas 812 entrevistas, que começaram ontem e serão concluídas na mesma sexta-feira.

Fonte: Blog do Robson Pires